31 março 2010

Pensamento do dia:

Às vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas... O tempo passa...
...e descobrimos que GRANDES mesmo eram os sonhos, e as pessoas PEQUENAS demais para torná-los reais!
Bob Marley

26 março 2010

Deixa o Mundo Girar...

"Quantas vezes vais olhar para trás
Estás preso a um passado que pesou
Quantas vezes vais ser tu capaz
Fazer sair quem por engano entrou
Abre a tua porta, não tenhas medo
Tens um mundo inteiro à espera para entrar
De sorriso no rosto talvez o segredo
Alguém que te quer falar
Olha em frente e diz-me aquilo que vês
Reflexos de quem conheces bem
Ouve essa voz é a tua voz
Dá-lhe atenção e a razão que tem
Abre a tua porta, não tenhas medo
Tens um mundo inteiro à espera para entrar
De sorriso no rosto talvez o segredo
Alguém que te quer falar
Deixa o mundo girar para o lado que quer
Não o podes parar nem tens nada a perder
Estás de passagem
Não o leves a mal se te manda avançar
Talvez seja um sinal que não podes parar
Estás de passagem
Vai aonde queres
Sê quem tu quiseres
Estende a tua mão
A quem vier por bem
Abre a tua porta, não tenhas medo
Tens um mundo inteiro à espera para entrar
De sorriso no rosto talvez o segredo
Alguém que te quer falar
Deixa o mundo girar para o lado que quer
Não o podes parar nem tens nada a perder
Estás de passagem
Não o leves a mal se te manda avançar
Talvez seja um sinal que não podes parar
Estás de passagem
Deixa o mundo girar para o lado que quer
Não o podes parar nem tens nada a perder
Estás de passagem
Não o leves a mal se te manda avançar
Talvez seja um sinal que não o podes parar
Estás de passagem, só de passagem, estou de passagem
Para outro lugar"
Polo Norte

24 março 2010

Gabriel...

Havia muita coisa a dizer a teu respeito, meu filho, muita mesmo, pois todos os dias há pequenas conquistas e grandes vitórias, porque és uma criança inteligente, rodeada de amor e afecto, mas quero apenas dizer, não que nunca o tenha feito, mas porque nunca é demais, que...

AMO-TE MUITO, MAIS E MAIS A CADA DIA QUE PASSA...

Onde Reside o Amor...

Onde reside o amor é uma viagem às histórias das vidas de todos nós. Aqui estão os retratos fiéis dos nossos dias, dos anjos que nos protegem e dos demónios que nos desafiam.
Margarida Rebelo Pinto, volta neste livro, às relações entre as pessoas e, de uma forma sincera, fala-nos directamente ao coração. Atravessa o amor e o sexo, interpreta a linguagem dos afectos e lança um olhar sobre o papel da família, dos valores que se perdem na voragem dos dias. Homens e mulheres; príncipes encantados; as eternas diferenças entre os dois sexos (mais próximos do que se julga); afectos, histórias de família, ou o retrato de um país…

“Não há nada mais importante do que investir no nosso coração. E no coração daqueles que amamos, ainda que nem sempre o mereçam. Quem não investe no coração, pode ganhar muito na vida, mas não ganha o amor nem a generosidade alheia. Investir no coração é investir na continuidade e na continuação da nossa vida; é como ter filhos e investir neles, ficamos um passo mais perto da eternidade.”

«É preciso acreditar como da primeira vez, é preciso confiar, é preciso pensar que a tal pessoa certa para nós existe mesmo e que todos podemos ter sorte na vida.»

Este foi o ultimo livro que comprei e que já levo lido, e posso mais uma vez dizer que gostei imenso, na verdade só ainda não o acabei de ler, porque não me posso dedicar à leitura tanto quanto gostaria...

23 março 2010

Dizem que...


"Palavras leva-as o vento..."
Difícil mesmo, são gestos e atitudes...
Quem quer algo de verdade entende as coisas assim.
Quem quer algo de verdade arranja forma, maneira, dia, momento, hora, lugar...
Quem não...arranja antes um rol de desculpas e complicações...
Há quem diga que tudo depende do ponto de vista,
mas para mim depende da "intensidade", da "forma" como queremos algo, ou atingir um determinado fim...
Pior mesmo, é quando já nos damos conta tarde demais, que poderíamos ter agido de forma diferente em determinada altura e que teria sido tudo diferente, mas ficámos presos a convicções sem conteúdo...
Mas enfim... tudo passa, bem ou mal...tudo passa...
Há que saber reconhecer, quando já não vale a pena seguir um determinado caminho...pois tudo faz parte, mudar de direcção, retroceder, cortar à direita, à esquerda ou simplesmente PARAR!!
Certo mesmo, é seguir-mos as nossas convicções, ouvir-mos o nosso coração, sentirmo-nos em paz com nós próprios, com as decisões que tomamos e com tudo o que nos rodeia, sejam objectos, pessoas o que for...
E esperar, é uma palavra que não deve fazer parte do nosso vocabulário, porque a vida passa demasiado rápido, para nos dar-mos ao luxo de esperar...esperar...esperar...afinal de contas a nossa vida, não é nenhuma estação de caminhos de ferro ou algo similar...

"O tempo é um bem escasso e a paciência um traço de carácter..."

02 março 2010


"O tempo passa e com ele aprendemos que...
Depois de algum tempo vamos perceber a diferença, a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.
E vamos aprender que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança.
E começamos a aprender que beijos não são contractos e presentes não são promessas.
Começamos a aceitar as derrotas com a cabeça erguida e o olhar para a frente, com a elegância de um adulto e não com a tristeza de uma criança.
E aprendemos a construir todas as nossas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para fazer planos, e o futuro tem o hábito de cair face ao vão.
Depois de algum tempo aprendemos que o sol queima se ficarmos muito tempo expostos.
E aprendemos também que, não importa o quanto nos importamos com alguém, algumas pessoas simplesmente não se importam...
E aceitamos que não importa o quanto uma pessoa é boa, pois ela vai ferir-nos de vez em quando e é preciso perdoá-la por isso.
Aprendemos que falar pode aliviar dores emocionais.
Aprendemos que as verdadeiras amizades continuam a crescer, mesmo a longa distância.
E e que o que importa realmente, não é o "que" se tem na vida mas sim "quem" se tem na vida.
E que os bons amigos são a família que nos permitiram escolher.
Aprendemos que não é preciso mudar de amigos quando se compreende que os amigos mudam. Descobrimos que as pessoas com quem mais nos importamos na vida são levadas de junto de nós muito depressa.
É por isso que devemos deixar sempre as pessoas que amamos com palavras carinhosas, pois pode ser a última vez que as vemos.
Aprendemos que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas que nós somos responsáveis por nós mesmos.
Aprendemos que não nos devemos comparar com os outros mas sim com a pessoa melhor que podemos ser.
Descobrimos que se demora muito tempo a ser a pessoa que queremos ser, e que o tempo é muito curto.
Aprendemos que não importa onde chegámos, mas para onde estamos a ir. Mas se não soubermos para onde estamos a ir, qualquer lugar serve.
Aprendemos que ou controlamos os nossos actos ou são eles que nos controlam a nós, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa o quão delicada e frágil é uma situação - existem sempre dois lados.
Aprendemos que heróis são as pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as consequências.
Aprendemos que paciência requer muita prática.
Descobrimos que, por vezes, a pessoa que esperávamos que nos desse um pontapé quando caímos é uma das poucas que nos ajuda a levantar.
Aprendemos que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiências que temos e com o que aprendemos com elas, do que com os aniversários que já celebramos.
Aprendemos que quando estamos com raiva temos o direito de estar com raiva, mas isso não nos dá o direito de sermos cruéis.
Descobrimos que só porque alguém não nos ama da maneira que gostaríamos não significa que esse alguém não nos ame de todo o coração e com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam mas simplesmente não sabem como o demonstrar.
Portanto, plante o seu jardim e decore a sua alma, em vez de esperar que lhe tragam flores.
E vai aprender que realmente pode suportar... que realmente é forte e que ainda pode ir muito mais longe, depois de pensar que já não aguenta mais..."